Erros comuns que levam aos problemas financeiros



De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) a quantidade de famílias que estavam endividadas no mês de dezembro de 2017 era de 62,2% no Brasil, ou seja, mais 3,2 % do que o resultado do ano anterior.



Este aumento de famílias inadimplentes no país acontece porque as pessoas repetem os mesmos erros que acabam levando às dividas. Para não ter este problema e se manter com suas contas em dia, você deve evitar alguns tipos de erros, como os que veremos a seguir. O primeiro erro é não ter seus objetivos definidos na vida pessoal e nem na profissional, pois, com objetivos, podemos planejar e organizar nosso orçamento, conseguindo atingir as metas que desejamos, inclusive, não atrasando contas e ficando longe da inadimplência.

Quando não temos uma vida organizada na questão financeira, acabamos cometendo outro erro, o descontrole nos gastos, o que, também, acaba nos levando à inadimplência. Outros erros muito comuns que levam ao endividamento e devem ser evitados são: não definir um limite para os gastos de cada categoria da sua vida; não ser disciplinado com a economia; não fazer planejamentos a longo prazo; não mudar ou optar por vários tipos de investimentos, ou seja, investir seu dinheiro em apenas um lugar; ir pelo pensamento dos outros quando a questão é dinheiro; não ter uma reserva financeira para emergências; não ser racional; não planejar a aposentadoria para ter uma base financeira sólida na terceira idade e não procurar ajuda profissional quando decidir investir ou planejar um novo objetivo financeiro.




Que tal economizar com os gastos com papel e ajudar o meio ambiente?

Imprima somente o necessário
Seja econômico: alguns documentos precisam de cópia física, tais como comprovantes de pagamentos ou contratos, mas se o restante dos dados você puder armazenar em um computador, pen drive ou hd externo, melhor!