Milhões de cotistas não receberão depósito automático do benefício do PIS-Pasep



São 6,5 milhões de beneficiários correntistas do PIS-Pasep que poderiam receber seus recursos  pelos depósitos automáticos, porém, 5 milhões de pessoas terão de ir até uma agência da Caixa Econômica ou do Banco do Brasil para sacar o dinheiro.



Será necessário que estas pessoas procurem as redes bancárias para sacar o dinheiro do PIS-Pasep porque elas apresentam problemas cadastrais, o que impossibilita do governo fazer um depósito automático do benefício. Portanto, todos os trabalhadores que tiveram suas carteiras de trabalho assinadas pela iniciativa privada ou pelo serviço público nos anos de 1971 a 1988 devem ir até uma agência da Caixa Econômica Federal, para os cotistas do PIS, e em uma agência do Banco do Brasil, para os cotistas do Pasep, desta forma, os trabalhadores poderão ver seu saldo e sacar seu dinheiro.

De acordo com informações do Ministério, junto à Fenabran foram feitas parcerias com 8 redes bancárias, além da Caixa e do BB, para que os correntistas recebessem seus benefícios por depósito automático, porém, somente 1,5 milhão de pessoas estão aptas para isso, os quais receberão seus recursos entre os dias 11 e 23 de setembro de 2018. Os outros 6,3 milhões de cotistas que possuem contas no BB ou Caixa e estão com seus cadastros em dia, também receberão seu dinheiro por meio do depósito automático. O cadastro feito nos bancos deve ser exatamente igual ao cadastro do cotista, por questões de segurança, por isso que muitas pessoas não receberão seu dinheiro de forma automática e necessitarão comparecer pessoalmente às agências.




Que tal economizar com os gastos com papel e ajudar o meio ambiente?

Imprima somente o necessário
Seja econômico: alguns documentos precisam de cópia física, tais como comprovantes de pagamentos ou contratos, mas se o restante dos dados você puder armazenar em um computador, pen drive ou hd externo, melhor!