Não declarei o Imposto de Renda 2018, e agora?



Os contribuintes que não enviaram sua declaração do Imposto de Renda de 2018 até o dia 30 de abril, perderam o prazo estipulado pela Receita Federal, portanto, terão que arcar com as consequências deste ato e, uma delas, é pagar a multa de, no mínimo, R$ 165,74.



Quem não entregou sua declaração do Imposto de Renda até às 23 horas e 59 minutos da última segunda-feira, dia 30 de abril, terá que pagar uma multa por atraso da sua obrigação de, no mínimo, R$ 165,74. Este valor é o mínimo cobrado dos contribuintes que tem obrigação de fazer a declaração, porém, não o fizeram dentro das datas definidas pela Receita Federal. O valor da multa é de 1% por mês até 20% do preço a pagar de imposto. Mas, se o contribuinte não necessitar pagar nenhum imposto ou o valor for menor do que o mínimo estipulado, ele deverá pagar R$ 165,74.

Quando o contribuinte enviar a declaração atrasada, ele receberá a Notificação de lançamento da multa, com a data de vencimento para o pagamento, que é de 30 dias após o envio da declaração atrasada. Caso o pagamento não seja feito neste período, serão cobrados juros de mora, de acordo com a taxa Selic, ou, se o contribuinte tiver algum valor para receber de restituição, o preço da multa será deduzido do mesmo. Lembrando que o Documento de Arrecadação de Receitas Federais, Darf, só poderá ser emitido após o pagamento da multa.




Que tal economizar com os gastos com papel e ajudar o meio ambiente?

Imprima somente o necessário
Seja econômico: alguns documentos precisam de cópia física, tais como comprovantes de pagamentos ou contratos, mas se o restante dos dados você puder armazenar em um computador, pen drive ou hd externo, melhor!