Quem deve declarar o Imposto de Renda e as novidades de 2018



A Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física deste ano, 2018, deve ser entregue entre os dias primeiro de março e 30 de abril. No dia 26 de fevereiro, próxima quarta-feira, já estará disponível o programa de preenchimento da declaração.



Todos os cidadãos que receberam rendimentos tributáveis no ano de 2017 devem fazer a declaração do Imposto de Renda, caso o rendimento anual tenha sido superior a R$ 28.559,70. E, para as atividades rurais, devem declarar quem recebeu mais de R$ 142.798,50 no ano.  Em 2018, houveram algumas mudanças para o preenchimento da declaração, como, por exemplo, a obrigatoriedade de informar o CPF dos dependentes com idade superior a 8 anos, completados até o dia 31 de dezembro de 2017.

No início do sistema onde o contribuinte deverá preencher sua declaração, terão mais informações detalhadas sobre estas novas exigências. Algumas outras novidades são: a inclusão de campos para informações complementares na parte de declaração de bens (para informar números, registros, localização  e Renavam do automóvel, por exemplo); o contribuinte poderá imprimir o Documento de Arrecadação de Receitas Federais, Darf, para pagar o imposto, até os atrasados, e será informada a alíquota efetiva que será usada para calcular a apuração do imposto.




Que tal economizar com os gastos com papel e ajudar o meio ambiente?

Imprima somente o necessário
Seja econômico: alguns documentos precisam de cópia física, tais como comprovantes de pagamentos ou contratos, mas se o restante dos dados você puder armazenar em um computador, pen drive ou hd externo, melhor!