Perigos em emprestar o nome

De acordo com uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito e da Conferência Nacional de Dirigentes Lojistas, 40% dos consumidores do Brasil já pediram nomes emprestados para fazer alguma compra no cartão de crédito sendo 35,8% para comprar roupas, 21,6% para comprar calçados, 17,7% para celulares, 14,5% para brinquedos e, em quinto lugar, com 11%, estão as compras de supermercado.

Veja Mais »

Qual a diferença entre consumo e consumismo?

Com tantas propagandas incentivando a compra de produtos fica muito fácil sair e gastar um dinheiro destinado a outras necessidades, ou seja, facilita que uma pessoa se torne consumista, que é a pessoa que consome em excesso e sem precisar.

Veja Mais »

Como ficam as dívidas após a morte do devedor?

Quando um parente falece, seu patrimônio é inventariado e, depois, distribuído para os herdeiros mas, se houver dívidas, estas devem ser quitadas e, se sobrar dinheiro, este sim será repassado aos herdeiros. Mas e se os bens deixados pelo falecido não forem suficientes para pagar todas as dividas, quem deve pagar?

Veja Mais »